No que Cremos

Nossa Declaração de Fé

  • Há um só verdadeiro Deus que é o eterno Rei, Criador e Redentor de tudo o que há. Ele é perfeitamente santo, justo, amoroso e verdadeiro. Ele se revelou para ser eternamente subsistente, um ser em três pessoas: Deus, o Pai; Deus, o Filho; e Deus, o Espírito Santo.
  • A Bíblia é a Palavra de Deus inspirada, fidedigna, a única infalível, confiável e verdadeira.
  • A humanidade foi criada à imagem e conforme a semelhança de Deus para conhecê-Lo e desfrutá-Lo, ainda que nós, enquanto humanidade, tenhamos deliberadamente rejeitado o Senhorio e a glória de Deus para os quais fomos destinados. E por causa disso, doença, enfermidade, morte e julgamento entraram no mundo e agora a criação experimenta os efeitos e as consequências do pecado.
  • O Senhor Jesus Cristo, o Filho unigênito de Deus, foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu da virgem, Maria, sendo Ele o Ungido de Deus, que foi capacitado e empoderado pelo Espírito Santo para trazer de volta aquilo que havia sido perdido: o Reino de Deus na terra. Ele foi crucificado por nossos pecados, morreu, foi sepultado, ressuscitou e ascendeu ao Céu e, agora, está vivo hoje na presença de Deus, o Pai, e no Seu povo. Ele é “verdadeiramente Deus” e “verdadeiramente homem”.
  • Somos salvos pela graça de Deus, através da fé na pessoa e na obra de Jesus Cristo. Qualquer um pode ser restaurado à comunhão com Deus através de arrepender-se, crer e receber Jesus como seu Salvador e Senhor. O Espírito Santo nos convence, nos regenera, nos justifica e nos adota à medida que entramos no Reino de Deus como Seus filhos e filhas.
  • Cremos no poder santificador do Espírito Santo, que habita no cristão e o capacita para viver uma vida santa e para ministrar sobrenaturalmente. O batismo do Espírito Santo, de acordo com Atos 1:4-8 e Atos 2:4, é derramado sobre os crentes para que tenham o poder de Deus para serem Suas testemunhas.
  • Cremos que a vitoriosa obra redentiva de Cristo na cruz provê liberdade do poder do inimigo – pecado, mentiras, doenças, enfermidades e tormento.
  • Cremos que a Igreja consiste naqueles que colocam sua fé em Jesus Cristo. Ele deu à Sua Igreja as ordenanças do Batismo e da Santa Ceia. A Igreja existe para dar continuidade ao ministério de Jesus Cristo e fazer o Reino de Deus avançar, desfazendo as obras do inimigo, pregando e vivendo as boas novas do amor de Deus, discipulando as nações, batizando e ensinando as pessoas a amarem e a obedecerem a Deus.
  • Cremos no governo sempre crescente de Deus e na Esperança Abençoada, que é o retorno visível e glorioso do Senhor Jesus Cristo para governar e reinar com Sua triunfante esposa – a Igreja.
  • Cremos que Céu e inferno são lugares reais.
  • Cremos que haverá a ressurreição do salvo e do perdido, aquele para a vida eterna e este para a morte eterna.
  • Cremos nos ministérios da igreja apostólica como visto no livro de Atos dos Apóstolos. Buscamos seguir os padrões bíblicos de governo da Igreja, envolvendo os cinco ministérios, a saber, apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres (embora termos funcionalmente equivalentes possam ser utilizados ao invés destes), cuja responsabilidade é proclamar o evangelho do Reino, contribuir para a edificação da igreja e equipar e aperfeiçoar os santos para a obra do ministério, como especificado em Efésios 4:11-16.
  • Cremos na capacitação e empoderamento através do Espírito Santo e em Seus dons, sinais e prodígios sobrenaturais nas vidas e através das vidas dos crentes (1 Coríntios 12:1-11; Marcos 16:15-18).
  • Cremos que todos os crentes são chamados para ministrar, e não apenas o “clero oficial” ou um “grupo específico de sacerdotes” ou apenas “pastores e presbíteros”. Cremos que cada crente tem uma identidade única e um destino em Jesus.
  • Cremos que o papel da igreja local é ajudar crianças, jovens e adultos a descobrir seus dons e paixões e equipá-los, liberá-los e encorajá-los em seus destinos.
  • Cremos que ao invés de religião e denominações, temos relacionamentos e o princípio de família (que inclui o exercício de paternidade) constituindo a parte central e a estrutura da Igreja de Jesus Cristo. Como resultado disso, a maneira como nós “fazemos a igreja” continua a se desenvolver e mudar à medida que cresce nosso entendimento de nosso relacionamento com Ele e com os outros.
  • Cremos em uma “visão de Reino” que foca na unidade do Corpo de Cristo em nossa região e no mundo, em vez de uma mera “visão territorial” que foca apenas em nossa própria igreja local ou ministério local. Nós valorizamos um ministério que leva em consideração o envolvimento e a comunhão com o Corpo de Cristo em geral. Nós valorizamos igualmente o local, regional e o global.
  • Cremos que o povo de Deus deve compartilhar também Cristo fora das “paredes da igreja”, porque acreditamos que o Mundo está morrendo de vontade de conhecer o amor de Jesus revelado através de uma Igreja sobrenaturalmente capacitada e dotada de poder.